Mundo reage à vitória de Boris Johnson no Reino Unido

Mundo reage à vitória de Boris Johnson no Reino Unido
14 de dezembro de 2019 comprararmas



Taurus Preço é aqui. Pronta entrega!


Fale conosco via whatsapp

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson – AFP

As reações variavam nesta sexta-feira após a vitória de Boris Johnson nas eleições legislativas britânicas, do entusiasmo de Donald Trump à expectativa prudente de outros, e o alívio de muitos por acabar com a incerteza do Brexit.

– Presidente americano, Donald Trump: “Parabéns a Boris Johnson por sua grande VITÓRIA! A Grã-Bretanha e os Estados Unidos estarão agora livres para alcançar um novo acordo comercial enorme após o BREXIT”, escreveu no Twitter.

“Quero felicitar Boris Johnson por sua excelente vitória. Acho que pode ser um presságio do que acontecerá no nosso país. Foi, da última vez”, declarou Trump a jornalistas na Casa Branca.

– A chanceler alemã, Angela Merkel: parabenizou Boris Johnson por sua “clara vitória” e disse que quer cooperar com o Reino Unido para alcançar uma “estreita parceria”. “Fico feliz em continuar nossa cooperação pela amizade e uma estreita parceria entre nossos dois países”, afirmou Merkel em comunicado divulgado por seu porta-voz no Twitter.

– O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro: “Saúdo o primeiro-ministro britânico Boris Johnson pela grande vitória de ontem. O Brasil e o Reino Unido compartilham um apreço pela autodeterminação e soberania. Estamos dispostos a trabalhar para fortalecer nossos relacionamentos na construção de uma amizade cada vez mais sólida e benéfica para nossos povos”.

– Presidente francês Emmanuel Macron: “Meu desejo é que o Reino Unido continue sendo um país aliado, amigo e parceiro muito próximo. A condição para isso é definir as regras de um relacionamento leal (…) Não queremos que seja um concorrente injusto”.

– Presidente russo, Vladimir Putin: “Estou convencido de que o desenvolvimento de um diálogo construtivo e de uma plena cooperação em diferentes setores coincidirá com os interesses de nossos países e de todo o continente europeu”.

– Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu: “Parabéns ao meu amigo Boris Johnson por sua vitória histórica, que faz parte da onda em favor de fronteiras seguras, economia liberal e soberania”.

– O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez: “Parabéns a Boris Johnson por sua vitória. Continuaremos trabalhando para um Brexit ordenado que garanta os direitos e liberdades dos cidadãos e dê segurança aos setores econômicos”, escreveu no Twitter. “Estamos comprometidos com um futuro relacionamento o mais próximo possível entre a UE e o Reino Unido”.

– O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov: “Sempre esperamos que quem vencer uma eleição, independentemente do país, aposte no diálogo e na restauração de boas relações com o nosso país. Mas não sei se essas expectativas estão adaptadas ao caso dos conservadores” britânicos.

– Primeiro-ministro holandês, Mark Rutte: “O eleitorado britânico deu a [Boris Johnson] um mandato claro. Desejo uma cooperação construtiva”, escreveu no Twitter. “Acho que são boas notícias. Se não, isso ainda nos ocupará por anos”, afirmou em entrevista coletiva em Bruxelas.

– Primeiro-ministro português, Antonio Costa: este resultado “garante algo fundamental. Se o Brexit for feito, isso permitirá um Brexit ordenado e adequadamente negociado, e que todos os cenários negativos de um Brexit caótico, que já haviam sido mencionados, podem ser evitados. É um alívio, já que as consequências, tanto para os cidadãos quanto para as empresas, seriam extremamente negativas”, afirmou em Bruxelas na quinta-feira à noite, citado pela imprensa portuguesa.

– Jiri Ovcacek, porta-voz do presidente tcheco, Milos Zeman, pró-russo e pró-chinês, para justificar a vitória do líder conservador pró-Brexit: “As pessoas estão simplesmente cansadas da política agressiva dos extremistas liberais que só sabem proibir, dar ordens, insultar, odiar. São maus, arrogantes, fanáticos, intolerantes e especialmente desumanos”, disse no Twitter.

– Primeiro-ministro tcheco, Andrej Babis: “É uma pena para a Europa, é claro que a Grã-Bretanha está partindo. A questão é saber exatamente quando, já que o período de transição pode se prolongar (…) não sei o que Jeremy Corbyn planeja. Acho que teria que se demitir”, disse em entrevista coletiva em Bruxelas.

– Presidente romeno, Klaus Iohannis: “Este resultado é muito bom para os romenos no Reino Unido”, já que Boris Johnson quer “um Brexit, mas com acordo. Um acordo que é o negociado com a União Europeia, um acordo que protege nossos romenos”, comentou em Bruxelas.

burx-pg/cac/es/pc/mr




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-

Confira:

Open chat
1
Como posso ajudar?
Powered by