O que se sabe sobre ataque armado que deixou ao menos nove mortos em Hanau, na Alemanha

O que se sabe sobre ataque armado que deixou ao menos nove mortos em Hanau, na Alemanha
21 de fevereiro de 2020 comprararmas

Direito de imagem
Reuters

Image caption

Ataques a tiros aconteceram na cidade de Hanau, no oeste da Alemanha

*Texto atualizado às 10h45 de quinta-feira, 20/2

Um suposto extremista de extrema-direita matou ao menos nove pessoas em dois ataques a tiros em dois bares na cidade de Hanau, no oeste da Alemanha.

A chanceler (primeira-ministra), Angela Merkel, afirmou que havia muitos sinais de que os ataques foram cometidos por racismo.

Investigadores estão tratando o caso como terrorismo. Ao menos cinco dos mortos eram cidadãos turcos.

O suspeito, de 43 anos, se matou posteriormente, segundo a polícia. Ele foi encontrado em casa junto ao corpo de sua mãe.

A mídia local identificou o suspeito como Tobias R., um cidadão alemão. O jornal Bild relatou que ele tinha licença para ter armas e que munição foi encontrada em seu carro.

Autoridades dizem estar examinando um vídeo que parece ser do suspeito, postado online dias antes dos ataques. No vídeo, ele fala sobre teorias da conspiração difundidas pela extrema-direita.

A midia local diz que ele também teria deixado uma carta confessando a autoria dos ataques.

Eles ocorrem em meio ao crescente temor sobre a violência de extrema-direita no país. “O racismo é um veneno. O ódio é um veneno. Esse veneno existe em nossa sociedade e já é responsável por muitos crimes”, afirmou Merkel.

O incidente aconteceu quatro dias após um ataque a tiros em Berlim que matou uma pessoa perto do Tempodrom, arena de eventos na capital alemã, onde estava sendo realizado um espetáculo de comédia turca.

O que se sabe sobre os tiroteios?

O primeiro incidente ocorreu no bar de shisha (também conhecido como narguilé) Midnight, no centro da cidade de Hanau, cerca de 25 km a leste de Frankfurt. Testemunhas relataram ter ouvido diversos tiros — pelo menos três pessoas foram mortas.

O suspeito teria fugido em um carro de cor escura para o bairro de Kesselstadt, onde abriu fogo contra o Arena Bar & Cafe, matando cinco pessoas no local.

O número inicial de mortos era oito, mas subiu para nove nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, depois que uma das vítimas não resistiu aos ferimentos.

Os bares de shisha são lugares onde as pessoas se reúnem para fumar narguilé. Tradicionalmente encontrados em países do Oriente Médio e da Ásia, eles também são populares em muitas outras partes do mundo.

Os tiroteios desencadearam uma operação de buscas de sete horas, enquanto os policiais procuravam o que pensavam ser inicialmente vários atiradores.

A polícia identificou o atirador por meio de informações de testemunhas e imagens de câmeras de segurança. Na manhã da quinta-feira, eles invadiram a casa do suspeito, perto do local do segundo ataque, e o encontraram morto ao lado do corpo de sua mãe, de 72 anos.

Can-Luca Frisenna, que trabalha em um quiosque nos arredores de um dos locais dos tiroteios, disse que seu pai e irmão estavam na área quando o ataque ocorreu.

“Parece um filme, uma piada de mau gosto, que alguém está fazendo uma pegadinha com a gente”, disse ele à agência de notícias Reuters.

“Ainda não consigo entender tudo o que aconteceu. Meus colegas, todos os meus colegas, são como minha família — e também não conseguem entender.”

Hanau, no Estado de Hesse, é uma cidade de cerca de 100 mil habitantes a 25km ao leste de Frankfurt.

O que se sabe sobre o suspeito?

O secretário do Interior de Hesse, Peter Beuth, afirmou que as autoridades também estavam examinando um site atribuído ao suspeito. “O que sabemos até agora é que há definitivamente uma motivação xenófoba. Se há reivindicação da responsabilidade ou documentos, isso ainda está sendo investigado”, disse,

Segundo ele, o suspeito não tinha antecedentes criminais e não era vigiado pelas autoridades.

Em um comunicado curto, Merkel também prometeu fazer todo o possível para esclarecer a motivação do ataque.

“Há muitos indícios até o momento de que o atirador agiu com motivação extremista de direita e de ódio contra pessoas de outras origens, religiões ou aparência”, afirmou.

O controle de armas na Alemanha é um dos mais rigorosos no mundo e foi ainda mais endurecido nos últimos anos após tiroteios em massa.

Clique para assinar o canal da BBC News Brasil no YouTube

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!




Taurus Preço é aqui. Pronta entrega!


Fale conosco via whatsapp



O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-

Confira:

Open chat
1
Como posso ajudar?
Powered by