Para leitor, Trump quer que Irã caia na sua armadilha – 04/01/2020 – Painel do Leitor

Para leitor, Trump quer que Irã caia na sua armadilha – 04/01/2020 – Painel do Leitor
4 de janeiro de 2020 comprararmas



Taurus Preço é aqui. Pronta entrega!


Fale conosco via whatsapp

Ataque no Iraque

Esse papo de “ataque iminente” me lembra a mentira das armas de destruição em massa que Bush usou para invadir o Iraque. E pensar que temos um sem noção do mesmo calibre aqui, mas, ainda bem, sem o mesmo poder (“‘Agimos para parar uma guerra, não para iniciá-la’, diz Trump”, 3/1).
Rodrigo Maomé (Campinas, SP)

“Severa vingança” é uma arma imprevisível e pode causar a morte de muitos americanos em qualquer lugar (“Líder supremo do Irã promete ‘severa vingança’ contra EUA”, Mundo, 3/1). Não haverá guerra declarada, mas ações camufladas. A história recente já demonstrou isso.
Antonio Ferreira de Carvalho (Belém, PA)

Trump quer que o Irã caia na sua armadilha. Uma retaliação será a pedra de cal no regime dos aiatolás. A anuência dos russos já está sendo costurada. Síria, Iraque, Iêmen, talibãs, Hizbollah etc. serão dizimados. O mundo vai chiar, mas vai acabar apoiando.
José Renato Monteiro (São Paulo, SP)

O único objetivo de Trump é cacifar a sua reeleição. É sabido que ações espetaculares sempre rendem milhões de votos. No caso de Trump, entretanto, isso é até mesmo desnecessário. A não ser que haja um cataclismo de proporções estratosféricas, a reeleição dele já está garantida, sem contestações.
Geraldo da Silva (Salvador, BA)

Irã e EUA são os únicos responsáveis pelas encrencas que eles mesmos plantam. Nada disso estaria ocorrendo se Irã e EUA não interviessem nos países do Oriente Médio.
Ricardo Ferreira (São José dos Campos, SP)


Desmatamento

“Presidente do Ibama ignora área técnica e autoriza empresa a desmatar mata atlântica” (Ambiente, 29/12). É o colapso total, acima de tudo e para todos.
Vitor Gomes dos Santos (São Lourenço da Mata, PE) 


Governo federal: cada dia uma agonia.
Edmilson Barcellos da Rocha (Niterói, RJ)

 


Bolsonaro e os livros

“Bolsonaro chama livros didáticos de ‘lixo‘ e propõe que material seja suavizado em 2021″, Educação, 3/1). Bolsonaro passou quase 30 anos no baixo clero sem nunca ter apresentado uma vírgula sobre educação. É ridícula sua manifestação. Mas, para quem idolatra Olavo de Carvalho, Ustra e Weintraub, é até compreensível. O STF terá que nos socorrer novamente.
Isabele Haruna Ono Zamaro (Joinville, SC)


Promessas

“Bolsonaro patina para cumprir promessas eleitorais após 1º ano de governo” (Poder, 3/1). A experiência dos últimos 16 anos deixou claro que o Executivo não pode ter carta branca e alinhamento automático do Legislativo. Muitas sandices seriam evitadas se o Congresso exercesse o seu papel com responsabilidade.
Wilson de Oliveira (São Paulo, SP)

Bolsonaro não patina. Ele simplesmente é impedido de implementar suas promessas pela velha política e pelo velho Judiciário.
Argemiro Dias (Brasília, DF)


Juiz das garantias

Junto com o juiz das garantias, poderiam introduzir a prisão em primeira instância, pois haverá um juiz para instruir o processo e outro para julgar, o que equivale a duas instâncias. Mas, como o objetivo é impedir a prisão de políticos ladrões, continuarão soltos.
Marcos Guedes (Brasília, DF)

Esta é a boa notícia de 2020: há juízes honestos no Brasil (“Manifesto de magistrados federais cita ‘imparcialidade’ e defende juiz das garantias”, Poder, 3/1)! Os playboys de Curitiba precisavam de freios e os receberam.
Andréia Chaieb (Porto Alegre, RS)

O juiz das garantias é mais uma megachicana para tornar inimputáveis aqueles que têm muito dinheiro e podem pagar advogados especializados em discutir os processos, mas nunca o mérito. É mais uma invenção para acabar com a operação Lava Jato. É mais um fruto dos estrategistas do sistema que assalta cotidianamente os cofres do Estado desde a promulgação da Constituição de 1988.
Jose Vanzo (Franca, SP)


Fiesp e militares

Já passou da hora de os empresários da indústria paulista defenestrarem esse indivíduo sorrateiro que usa a Fiesp para o seu projeto político pessoal (“Por Bolsonaro, Fiesp se aproxima de militares”, Mercado, 3/1).
Luiz Leal (Florianópolis, SC)

Paulo Skaf é um “sem indústria”, eterno presidente da Fiesp, que se presta ao ridículo papel de ser seu garoto propaganda, passando por cima de questões éticas e estéticas.
Wilson Kfouri (São Paulo, SP)

Qual a novidade? Não foram também apoiadores do nefasto regime militar?
Marli Miranda Vieira (São Paulo, SP)


Luxemburgo

Petista de carteirinha, torcedor do Flamengo, amigo de um dos homens que mais roubaram a nação, elogiado pela Gleisi Hoffmann e vem dirigir o Palmeiras (“Petista, Luxemburgo previu encontro com Jair Bolsonaro no Palmeiras”, Esporte, 3/1)? Como diz o velho palestrino: “tamo no corgo”.
Ciro Antônio Sasso (Mirassol, SP)


Boas-festas

A Folha agradece e retribui os votos de boas festas recebidos de Jota Mape, Arca Brasil, Maria Cristina Ferreira de Oliveira e André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho, diretora e vice-diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP, José Elias Aiex Neto (Foz do Iguaçu, PR) e Pedro Valentim (Bauru, SP).


Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo. Para isso, basta acessar Envie sua Notícia ou enviar mensagem para [email protected]r​. ​ ​ 




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR ESPORTIVO?

O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-

Confira:

Open chat
1
Como posso ajudar?
Powered by